Transmissão CVP




Transmissão CVP vem de continuously variable planetary drive. O conceito é similar ao CVT, mas é muito mais simples, mecanicamente falando. Entre o disco que liga a força motriz e o disco que liga ao eixo de transmissão não existe contato físico, graças a um óleo especial que tem propriedades únicos quando em alta pressão.

O vídeo abaixo mostra melhor o que eu porcamente tentei explicar. Para ler mais a respeito visite a página da NuVinci. Ah sim, como estamos na semana do primeiro de abril, esta noticia pode ser fake, mas eu não acho que seja este o caso.

Via OhGizmo.




Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: