TV Digital: Ééééé do Japããooo!!!!




Segundo Celso Amorim, não tem como o padrão japones (ISDB) não ser adotado para o SBTVD. Oficialmente o padrão se chamara nipo-brasileiro e preve que o Brasil NÃO pagará royalties além de linhas de crédito e a cooperação do Japão para que empresas daquele país se estabeleçam no Brasil com suas fábricas multimilionárias de alta tecnologia. Ah, sim: Isso tudo virará realidade a menos que o companheiro Lula não fique louco e não aprove.




Artigo Anterior

Leia Também


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: