Vai mudar de PJ para CLT?




Muitas empresas tem uma tática ruim de contratar colaboradores através da prática da pessoa jurídica. Tudo manobra contábil para gastar menos. Existe sempre um jeito de gastar menos com salário, mas é preciso fazer contas para saber se vale a pena ou não se sujeitar a este esquema de PJ ou se o salário CLT, ainda que mais baixo, vale a pena.

As contas são complexas e precisam levar em consideração os impostos que são pagos em sua cidade/estado, já que a legislação muda de estado para estado. Em um lugar o imposto sobre serviços pode ser um, mas e outro lugar o imposto pode ser bem menor. Não vou entrar no detalhe de como fazer esta conta, até mesmo por que eu não sei como fazê-la.

O que eu gostaria de apresentar é uma ferramenta de um site que ajuda a fazer a conta do CLT. Sobre o salário costumam cair algumas deduções obrigatórias como INSS e IRPF. É capaz de você saber quanto a dedução em percentual, mas do que eu vi, sempre se erra na conta. Por que não usar uma ferramenta para fazer a conta da maneira certa?

Conheça o Calculador de salário líquido. Você coloca o seu salário bruto, ou salário proposto por seu empregado, e a ferramenta te diz quanto é a dedução e quanto será o seu salário depois dos descontos do INSS e do IRPF. Tem até ainda alguma explicação de quanto cada desconto é e quais os patamares de desconto.

Conhece alguma outra ferramenta deste tipo? Deixe nos comentários!




Artigo Anterior
Próximo Artigo

Leia Também


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: