VW Fox tem fome de dedos!




Eu adoraria dizer que ele tem fome de asfalto, mas não tem como falar de velocidade com este carro. Pior é que o título está mais do que certo. Segundo um artigo no O Globo o banco traseiro gosta de comer dedos. Até agora comeu 8 (de pessoas diferentes) e segundo o procon, o carro oferece risco.

Como você sabe que o carro é exportado para a Europa, você deve pensar: “Putz! que mico. Estamos exportando carros que comem dedos!!!”. Na-na-ni-na-não. O modelo de exportação não usa o mesmo tipo de solução para rebater o banco traseiro. O Fox gosta mesmo é de dedos nacionais. Vixi! Agora que me dei conta! O Fox é gay! Minha nossa!

Enfim… você tem um Fox? Ele achou seu dedo apetitoso?

ATUALIZADO: O Globo Online agora tem um vídeo mostrando como funciona a coisa. Parece que só perde o dedo que é analfabeto funcional.




Artigo Anterior

Leia Também


Deixe um comentário

4 Comentários

  1. Homenagem da VW ao passado metalúrgico de nosso Presidente?
    😀

    Responder
  2. uhauhauahua “compre um Fox e fique mais perto do presidente?” ser usarem este slogan, vai encalhar no estoque. 😀

    Responder
  3. É lamentável que isso tenha ocorrido com um carro tão bom, não pelo fato do carro ter um erro de projeto, isso pode acontecer e é para isso que existem os recalls, o lamentável nessa história é o modelo exportação não ter esse mecanismo, ou seja, eles sabia do risco, sabiam do problema e sabiam que na Europa isso não seria aceito, mas como no Brasil é uma zona, pra que mudar né?

    A Volks pisou na bola legal!

    Responder
  4. Magno

     /  10/02/2008

    Totalmente rídiculo, a VW sempre tratou a America Latrina como lixo mesmo. Não tem a menor boa vontade de fazer um carro com um mínimo de segurança. Já sabe do problema a anos e prefere deixar as pessoas continuarem a perder sues dedos.

    Veja video de demonstração do Fox cortando o dedo (no caso, uma cenoura) de algum desavisado que passou no Jornal Nacional. VW nunca mais!

    http://www.youtube.com/watch?v=Or2WjAwrGhE

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: