Windows Home Server




Finalmente minhas orações foram escutadas. Ainda não sei bem os detalhes de como esta geringonça funciona, mas a tentativa da Microsoft de simplificar ao máximo as coisas realmente pode dar bons frutos. Afinal, já foi o tempo quando eu me divertia passando horas instalando, configurando e refazendo meus computadores. Hoje em dia eu apenas desejo que as coisas funcionem.

Assistindo um podcast americano de tecnologia fiquei sabendo do Windows Home Server, que atualmente está na versão Beta 2. Achei a solução interessante e fui vasculhar a internet para saber mais detalhes sórdidos sobre o dito, que pelo nome não parece nada interessante. Aliás, parece mais um problema a principio, pois na minha cabeça ele parece disputar espaço com o Windows Media Center.

Santo Google, que tudo sabe e tudo vê, me deu o caminho das pedras para o blog do Windows Home Server. Lá eu vi a luz. Tudo que eu sempre desejei era um sistema no qual eu poderia incluir quantos HDs eu quiser e o espaço disponível seria aumentado. Caso precise fazer a remoção de um HD antigo, o sistema faz a retirada da maneira menos dolorosa possível. Nem me importo que não hotswap. Isso acaba sendo muito melhor do que um RAID, que precisa de HDs iguais etc etc etc. Claro que RAID por hardware é mais robusto e seguro do que qualquer solução por software. O negócio é esperar e ver.

Isto é o que mais me agradou do Windows Home Server, mas ainda existem outras coisas que o HS vai fazer, aliás, dependendo do sucesso ele tem uma grande linha de evolução pela frente em termos de funcionalidades. As principais funções que estarão disponíveis são 3: Backup automatico de multiplos computadores e armazenamentos de dados centralizado simplificado; Armazenamento seguro e de fácil expanção; Acesso de qualquer lugar.

Naturalmente, dado minha condição atual, eu vou desejar que ele seja compatível com meu mac, mas isso é detalhe. Afinal, estou sem previsão de comprar um servidor caseiro durante alguns bons longos meses.

Mostrado na CES 2007, o WHS deve chegar ao mercado no meio deste ano e possívelmente será uma solução que só poderá ser adquirida com um hardware especifico, quase como o Windows Media Center. E se você é escovador de bit deve estar pensando que este WHS deve ser um fork do Windows 2003. Você está certo.

Veja mais na PC Magazine.




Leia Também


Deixe um comentário

3 Comentários

  1. O Home Server não faz nada demais, dá pra fazer o mesmo com qualquer sistema, até mesmo o XP, mas ele parece interessante por ser bem fácil, do tipo que até a sua vó pode usar…

    Responder
  2. ah vai… o lance de poder expandir o espaço de armazenagem dinamicamente é novidade! O backup automático também é novidade.

    As outras coisas é sim, facilidade para noobs, mas expandir espaço dinamicamente é tudo! É o nirvana!

    Responder
  3. eu ainda vou preferir usar RAID por questões de confiabilidade
    mas, depois que o produto amadurecer, realmente vai ser uma mão na roda
    ou ninguém aqui nunca ficou sem espaço no C:\ para instalar outros programas e ficou preso em um beco sem ter o que fazer?
    as vezes acontece…

    Responder

Deixe uma resposta para Felipe Cepriano Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: