Wixi




Estou eu sentado na paz do meu lar, quando meu leitor de mensagens acusa uma novidade na minha caixa de entrada. “Será um comentário? Um Spam? Hum, a uma mensagem daquela gostosa que eu estou dando em cima…” Pensei. Mas nada disto. Era um convite para testar o WIXI.

O nome parece problema, mas o sistema em beta fechado é bem interessante. É uma maneira de compartilhar arquivos online. Só que não são quaisquer arquivos. São apenas músicas, fotos e vídeos. O site lembra muito a idéia de um desktop online. Imita muito a área de trabalho do Windows XP e o site é repleto de AJAX. Em todos os lugares possíveis e imagináveis está algum AJAX.

Graças ao AJAX o comportamento e operações com os arquivos são muito parecidos com os arquivos que ficam locais em seu micro. Basta arrastar e soltar para colocar arquivos dentro de pastas ou na lixeira. Os arquivos que você enviar para o seu Wixi podem ter 3 tipos de permissões. Qualquer um pode ver, portanto esta permissão se chama “Public”. Só seus amigos podem ver os arquivos é a segunda modalidade de permissão e dispensa explicações. Por fim os arquivos podem ser só seus. Assim só você terá acesso.

O Wixi parece muito interessante. A pasta de músicas pode ser tocada como se fosse uma playlist. Para escutar música no trabalho pode ser bastante interessante. Afinal, 3 GB são bastante música. Isso se a internet for liberada, o que eu dúvida muito… Aliás, isso nos leva a uma das restrições do modelo gratuito do Wixi. São apenas 500MB/dia de transferência permitidos.

Com esta limitação não vai dar para aproveitar alguns conteúdo interessantes que eu já achei. Como vou desfrutar dos belos vídeos de uma oriental de fartos seios chamada Hiromi Oshima? Vai ficar difícil. Aliás, aproveitando a Hiromi, o serviço naturalmente será bastante mal utilizado. Já tratei de achar vários filmes e músicas de conteúdo protegido por copyright além de inúmeras fotos e vídeos eróticos e pornôs. Claro que estes são os conteúdos que fazem sucesso. Quem vive sem sexo e mulher pelada? Talvez as mulheres prefiram um pouco de nudez masculina, mas não achei nada… Não que eu tenha procurado… 😀

A função de playlist é perfeita. Se mandar tocar o conteúdo de uma pasta, você pode incluir arquivos que eles entram na sua lista de reprodução. Movimentar arquivos também pode ser feito sem problema algum. A música não para de tocar.

O convite que recebi dizia que eu tinha espaço ilimitado, mas pelo que andei vendo, tenho direito a apenas 20MB, mas a página de comparação de serviços diz que eu posso ter até 3GB de dados. Depois de clicar meia-duzia de vezes em alguns conteúdos e copiando para o meu WIXI arquivos de outros usuários, notei que os 20MB era o que eu tinha ocupado. Sendo que o maior arquivo deveria ter 100MB. A questão dos 100MB também ficou estranha. Copiei arquivos com mais de 700MB para minha conta. Dos vídeo que eu copiei, apenas um funcionou, os demais não tocaram. Depois que voltei para ver o vídeo que tinha funcionando, ele também deixou de funcionar. 🙁 No geral, eu gostei do produto. Não vejo como tirar proveito dele por enquanto, mas gostei do que vi.

O serviço ainda tem o que todo serviço deveria ter. Um blog. Lá dá para descobrir o que rola e o que deixa de rolar. Nada melhor do que ficar informado. Sem falar no fórum que também existe para tirar dúvidas entre os próprios usuários.

Tenho 3 convites disponíveis para dar aos interessados em participar do teste. Basta deixar um comentário e me dizer por que você deveria receber um convite. Se você me convencer, te enviarei um convite. 😉

Ah sim! A interface deve ser traduzida para o português em breve!




Leia Também


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: