Zoho




Não espere que eu faça uma piadinha sobre o Zoho ser o Zorro. Coisas beeem diferentes. Tem horas que é realmente frustrante não ser a pessoa que trás a novidade. Estava eu numa reunião com o diretor do departamento e o resto da equipe quando ele começa a falar do Zoho. Na minha cabeça veio a imagem de que eu já tinha ouvido ou lido a respeito em algum lugar, mas não consegui lembrar do que se tratava e minha reação teve que ser a esperada: “Não conheço, chefe!”. Isso foi muito frustrante.

Assim que cheguei ao computador tratei de vasculhar do que se tratava o Zoho. Fiquei maravilhado! Google Docs é o cacete! O Zoho deixa o Google Docs no chinelo, aquelas que soltam as tiras e dão cheiro! Zoho é uma suite completa de aplicações office. A interface é bem parecida com a de aplicativos similares e conhecidos que você compra com rios de dinheiro ou baixa, por serem clones destes aplicativos com código aberto.

Na primeira olhada foi um caso de amor a primeira vista. Como o tempo corre, a única coisa que consegui fazer foi ver alguns dos aplicativos disponíveis e claro, criar uma conta. Aliás, a primeira coisa que fiz foi verificar se eu tinha uma conta ativa, mas não tinha, aí criei uma! 😉

Depois, com mais calma, tratei de experimentar a ferramenta. Não foi como eu esperava. Tentei entrar no Writer, que é um processador de texto, então peguei um texto grande que eu estava editando para testar a ferramenta. Demorou alguns segundo para me irritar. De alguns segundos e segundos a tela sofria um refresh que trazia o cursos para o inicio do texto e acabava com minha linha de raciocínio. Procurei onde tinha a configuração de auto-save, função que eu imaginava que fosse responsável pelo refresh, mas não encontrei absolutamente nada.

Desisti de usar o Writer. Fui então vasculhar as demais aplicações. Notei que não é um suite de aplicações, mas sim apenas aplicações juntas e disponíveis no mesmo lugar. A configuração de fuso-horário, por exemplo, não fica definida para todas as aplicações. O Zoho Show, clone do Power Point, não tem suporte para animação, como era de se esperar, porém suporte para o Office 2007 nem de perto, nem de longe. Exportar para formato Office também não rola, mas gravar como HTML dá. O Writer, já exporta para Word, PDF entre outros formatos.

O melhor aplicativo do Zoho é o Sheet, que é o clone do Excel. A interface lembra muito o Excel clássico e dá para exportar para vários formatos, inclusive do Excel. Porém não espere Excel 2007.

O pacote Zoho, é uma mão na roda, mas não é um substituto para o Office da Microsoft de maneira algum. É apenas um bom quebra galho. Aliás, esqueci de comentar, eu comentei rapidamente sobre 3 aplicativos. No total são 14!!!




Próximo Artigo

Leia Também


Deixe um comentário

4 Comentários

  1. Já usei muito o Zoho, mas devido a esse problema do refresh e da lentidão desistir. Voltei usar o Docs (que funciona parcialmente no Opera) e o BrOffice. 😀

    Responder
  2. eu acho que vou comprar até o inicio do ano que vem o iWork’08. Vai cair como uma luva para minhas necessidades.

    Responder
  3. Existe alguma opção free para o Mac Berna? O Google Docs também é uma mão na roda.

    Responder
  4. tem sim! Eu uso o NeoOffice, mas ele não me parece muito eficiente… Lembra muito um programa de PC e não um programa com o look&feel que os programas para Mac devem ter.

    Eu uso o Google Docs na hora do aperto, mas quando precisa fazer algo mais pesado o Google Docs não atende… ainda. 😉

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: